Rio Casca, Santa Cruz do Escalvado, Lajinha, São Pedro dos Ferros, Santo Antônio do Grama e Urucânia. Pelo menos seis cidades da Zona da Mata amanheceram debaixo d’água nesta segunda-feira. Fotos e vídeos dos estragos nos municípios se espalharam pelas redes sociais. Ainda não há informações sobre desabrigados ou feridos. A BR-262, que passa por Rio Casca, foi interditada pela enchente.

Moradores da região relatam que a água do rio invadiu casas e desabou um trecho da MG-329, ligação com Ponte Nova. A ponte que corta Rio Casca também teria sido interditada após um desabamento parcial.

BR-262 foi interditada em Rio Casca. Trânsito flui em siga e pare por conta de alagamento(foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)
BR-262 foi interditada em Rio Casca. Trânsito flui em siga e pare por conta de alagamento(foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)

 

Imóveis estão sem energia elétrica e telefone. O abastecimento de água em Rio Casca foi interrompido, segundo a Copasa. A Estação de Tratamento de Água (ETA) foi inundada. Segundo informações do Corpo de Bombeiros da região, a prefeitura está providenciando água tratada para abastecimento de unidades de saúde.

Em Lajinha, na divisa com o Espírito Santo, as águas do Rio São Domingos invadiram a cidade e a MG-108 foi interditada, na chegada do Bairro Areado. Quem precisar chegar ao local, terá que passar pela cidade de Ibatiba (ES). Os bombeiros informaram que o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER-MG) foi acionado.

Fonte:E.M

COMPARTILHE