Em decorrência do desabastecimento de bens e da escassez de combustíveis em Mantena, provocados pela greve dos caminhoneiros, a prefeitura de Mantena decretou oficialmente Situação de Emergência.

O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (28 de maio), no gabinete municipal, em uma reunião que contou com a participação do prefeito João Rufino; dos Secretários Ocimar Rufino (Saúde e Transportes); Dr.Jorge Verano (Administração); Mariana Rufino (Gabinete); Creuza Muniz (Educação); Heverto Monteiro (Planejamento); a Comandante da 18° CIA IND, Major Carla Oliveira; Comandante do Primeiro Pelotão, Tenente Berthalo e o Subtenente Wender.

O Decreto assinado pelo prefeito João Rufino, torna prioritário o atendimento às atividades de saúde, de abastecimento de água e de limpeza urbana em detrimento a todas as demais. Além disso, a administração fica autorizada a adquirir itens necessários para amparar situações emergenciais reativas à prestação dos três tipos de serviços classificados como essenciais.

O decreto terá validade até que a questão seja normalizada.

COMPARTILHE

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here